Onde Registrar o Pedigree?

Onde Registrar o Pedigree seus Cães?

Hoje em dia existem diversas opções para registrar o pedigree de seus animais e a cada momento uma nova opção aparece.

Quando falamos em mercado, sempre que tivermos opções, a tendência é que todos os serviços melhorem. A concorrência é a melhor forma de estimular que os produtos e serviços fiquem cada dia melhores.

Entretanto, o registro do pedigree tem particularidades que vamos analisar para verificar qual é a melhor opção.

Mas afinal, o que é o registro ou pedigree?

O registro do pedigree consiste num documento onde são registrados os dados genealógicos dos animais, além de dados complementares como criador, proprietário, títulos obtidos, etc.

O cartório que efetua o registro também deve armazenar esses dados em seu stud book, ou livro de registros.

Então, o pedigree, resumidamente, é o registro de nascimento do animal, onde constam seus antepassados, provando, dessa forma que ele é um cão de raça pura.

Como surgiram

No final do século XIX surgiram as primeiras associações cinófilas cujo objetivo era promover a criação de cães de raça. Dessa forma surgiram os primeiros cartórios.

Entretanto, elas precisavam começar a escrever os padrões de raça e a determinar quais animais estavam enquadrados neles. Essas entidades começaram a registrar os animais que estavam dentro dos padrões e prosseguiram da forma como é feito atualmente.

Ao longo do tempo, algumas associações se uniram e formaram uma associação mais ampla, com a FCI. Mas outras permaneceram isoladas, como a AKC (EUA). Entretanto, elas se reconhecem mutualmente e seus padrões raciais diferem muito pouco. Logo, um cão de raça reconhecido nos EUA será reconhecido no Brasil (FCI) e a transferência de pedigree se dará de forma tranquila.

Outras Atividades

Essas associações mais antigas, como nasceram com o objetivo de promover a criação de cães de raça, costumam promover outras atividades com regularidade. Principalmente competições de vários tipos (beleza, agility, trabalho, etc.)

Os animais que vencem essas competições tem seus títulos anotados em seu pedigree e podem passar essas informações aos seus descendentes.

Essas competições também são reconhecidas pelas entidades mais tradicionais. Logo um Campeão Brasileiro de Beleza (FCI) será reconhecido nos EUA pela AKC.

Novas Opções

De uns anos para cá várias novas entidades foram criadas no Brasil, algumas são empresas e outras são ong’s.

O princípio de registro é o mesmo já utilizado pela maior e mais antiga entidade brasileira, a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC).

Para ampliar a quantidade de registros, essas novas entidades costumam reconhecer os pedigrees emitidos pelos sistemas tradicionais (FCI, AKC,…). Além de promover campanhas de reconhecimento de animais que não possuem pedigree, mas que atendem aos padrões da raça.

Hoje em dia, é possível registrar o animal até mesmo no cartório normal. Portanto, opções não faltam.

Geralmente essas novas entidades não costumam promover as competições promovidas pelas entidades tradicionais. Ou quando tentando, tem resultados ainda modestos.

Serviços

A maior oportunidade que esses novos cartórios tem é prestar um serviço muito mais ágil que o já ofertado pela CBKC.

O registro de um canil pode ser feito em minutos, enquanto na CBKC há casos de mais de 6 meses para confirmar devido a enorme burocracia vitoriana que ainda permeia o sistema.

A emissão de pedigree pode ser feito de forma online ou remota e o documento é emitido quase que instantaneamente.

As informações contidas nos pedigrees, em alguns casos, podem ser conferidas de forma fácil, evitando ou praticamente eliminando a possibilidade de fraude, algo fácil de fazer pelo sistema mais antigo.

Os valores praticados pelas novas entidades cartoriais geralmente são próximos aos praticados pela CBKC.

A CBKC

O sistema da CBKC é muito dependente de seus vários kennel clubes associados. Alguns são extremamente eficientes, enquanto outros deploráveis no trato de seus clientes e sócios. Entretanto o criador sempre tem a possibilidade de escolher um clube que preste um bom serviço.

A estrutura da CBKC é extremamente arcaica e pouco inovadora. É muito raro vir algo novo. Mas nada que não seja relativamente normal de uma entidade de quase 100 anos.

Se houver algum tipo de problema, será complexo, demorado e trabalhoso para resolver. Vai depender de vários contatos, encontrar uma pessoal influente, etc.

Não é raro o caso de criadores que demoraram para receber seus documentos ou até mesmo tiveram documentos extraviados, seja por um problema do clube local ou mesmo da CBKC.

A grande vantagem da CBKC é seu tamanho, é disparado o maior registrador do Brasil. Os melhores criadores registram por ela. Cabe também ao criador levar em conta que o pedigree CBKC pode trazer algum prestígio, mesmo que pequeno.

A organização para os eventos é disparada a melhor entre as entidades e ela conta com um número significativo de pessoas certificadas que podem atestar pureza e qualidade dos cães de raça.

Quando vale a pena um novo cartório?

A CBKC tem a vantagem de ser reconhecida pelos principais entidades cinófilas do mundo. Portanto, se você é um criador que pretende exportar seus cães para outros criadores, com certeza estar fora da CBKC seria um problema.

A participação de competições também é algo que deve ser levado em conta ao se analisar onde registrar seus cães. Se você pretende participar de exposições cinófilas ou pretende vender para clientes que desejam isso, sejam eles criadores ou leigos. O registro da CBKC irá permitir essa participação.

Agora se você costuma vender seus filhotes geralmente para leigos, não tem tempo para a enorme burocracia, não participa de competições e nem pretende. Se associar a uma das novas entidades pode ser uma boa opção.

Uma opção seria, para os padreados e matrizes manter o registro CBKC deles, dessa forma, se houver uma venda para outro criador, ou exportação ou vontade de participar de exposições, seria possível.

Sempre é bom considerar que uma ninhada pode ser registrada parcialmente numa entidade e parcialmente em outra.

Portanto, o criador deverá levar em conta o que ele busca ao registrar seus filhotes. Se é um certificado de pureza, tanto a CBKC quanto as novas entidades podem atendê-lo. Nesse caso caberá identificar quem presta o melhor serviço. Entretanto se há exportações, competições ou venda para outros criadores, a CBKC ainda é a opção mais interessante.

 

Um comentário sobre “Onde Registrar o Pedigree?

Os comentários estão encerrados