Os Desafios da Criação

Desafios da Criação não faltam

Criar Animais de Raça é uma atividade extremamente desafiadora. É facilmente perceptível que existem atividades sem tantas dificuldades.
Vamos falar um pouco dos principais desafios da criação enfrentados pelo criador em sua jorgada nesse negócio.
A idéia não é desestimulá-lo, muito pelo contrário, é reconhecer e até mesmo conscientizar, nesse texto, o seu empenho em fazer um trabalho que proporciona alegras a muitas famílias pelo país.

1) Negócio

Embora muitos criadores prefiram ver sua criação como um hobby, ela é um negócio e necessita tudo que um negócio precisa: Marketing, Financeiro, Burocracia, Controles Operacionais, etc.

Logo, para ter uma criação eficiente, em todos os aspectos, é fundamental ter esses controles e realizar essas atividades. O que geralmente é mais chato e o criador acaba deixando para depois.

Os que efetuam esses controles, geralmente fazem no período noturno, quando não tem ninhada nascendo. Após todos os animais estarem tratados, ele vai para frente do computador e começa a efetuar todo o registro, planejamento e demais atividades burocráticas para deixar os controles organizados.

Há muito pouco informação sobre esse ramo de negócio e a maioria é escrita por pessoas que não possuem conhecimento do negócio. Logo, o aprendizado acaba sendo muito na tentativa e erro.

2) Mão de Obra

Alguns, poucos, criadores possuem funcionários para o trato dos animais. Para ajudá-los a cuidar dos plantéis, filhotes, etc.

Essas pessoas são fundamentais para auxiliar o criador a manter todos saudáveis, limpos, livres de qualquer problemas e felizes no espaço onde estão.

Entretanto, o trabalho é contínuo e duro. E, mesmo com crises de desemprego, é muito difícil encontrar pessoas dispostas a trabalhar para os criadores.

Há ainda os casos em que alguns funcionários estão trabalhando, mas sem dedicação ou empenho, o que pode ser ainda pior.

Não é incomum que criadores acabem desistindo de criar por não encontrar pessoas interessadas em ajudá-lo no desafio. Sem contar em toda a burocracia que o criador deve enfrentar para contratar um funcionário.

3) Jornada de Trabalho

Criador não é profissão, é um estado, uma vocação. Criador está de prontidão 24 horas por dia. Criador não tem férias. Esse é um dos desafios da criação que mais desestimula um criador ao médio e longo prazo.

Criadores que não possuem funcionários para ajudá-los tendem a ter uma rotina de trabalho muito intensa e desgastante. Limpeza do ambiente, banho nos animais, escovações, alimentações diárias, eventuais medicamentos, atenção às ninhadas, etc. Tudo isso faz com que o criador tenha uma jornada de trabalho enorme. Iniciando logo pela manhã e finalizando a noite.

Nos dias de parto, é dia de virar noite. Acompanhar o parto do início ao fim. Um estado de tensão enorme. Afinal, o fruto de todo o trabalho começa a dar resultados. Mas é um momento onde pode dar tudo errado e uma corrida ao Vet pode ser necessária.

E após uma noite virada de parto, não espere que o criador vá dormir o dia inteiro depois, afinal, as demais tarefas continuam lá e a nova ninhada ainda precisará de muito da atenção.

Muitos criadores não tiram férias há muitos anos. No máximo conseguem um período de tempo curto, entre o nascimento de uma ninhada ou outra para descansar enquanto um familiar, amigo ou funcionário cuida do plantel. Mas mesmo assim, sem desligar nunca de como andam as coisas.

4) Haters

Ultimamente a radicalização vista nas redes sociais está chegando no mundo dos criadores. Pessoas que só disseminam ódio contra a criação de animais vem fazendo barulho. E como todos, o hater, é uma pessoa com muito pouca informação de qualidade e catequizada com uma doutrina totalmente equivocada.

Em alguns casos alguns criadores são atacados como se fossem pessoas que estão cometendo um crime.

Embora esses ataques sejam um transtorno que não interferem fortemente no processo diários, é uma fonte de dor de cabeça ao criador. Tá certo que nem vale a pena entrar em discussão com esse tipo de gente. Mas muitas vezes ele tem que gerenciar essas situações, gastando um tempo que poderia ser dedicado ao bem estar do plantel.

5) Custos e Preço

Os custos de uma criação são muito altos e estão constantemente aumentando. E nem sempre é possível repassar integralmente esses custos ao valor do animal.

O aumento de ração é algo absurdo. Há anos elas vem subindo mais que a inflação. Medicação veterinária segue pelo mesmo caminho. E os tratamentos veterinários, quando necessários, são cada vez mais complexos e caros.

Além disso, os valores pedidos pelos filhotes, parece que tem que ser justificados! Algo surreal!

Algumas raças tem uma competição baseada em preço extremamente forte. E se o criador não se atentar aos demais aspectos de marketing, ele facilmente entra nessa luta, que sempre será perdida.

Se o criador não ficar muito atento a isso, poderá quebrar e não perceber.

Portanto, o criador está sempre nessa luta financeira, equilibrar os custos e não reduzir receitas.

Conclusão

Logo, se um criador iniciante ou mesmo uma pessoa leiga entende que as receitas são a quantidade de filhotes vezes o valor de um filhote não tem idéia do trabalho que dá para chegar até esse momento. Ele não tem a idéia de quais são os desafios da Criação.

É um trabalho com muitas horas extras, muita tensão e muita dedicação.

Logo sem amor pelo que se faz, um bom criador não terá satisfação e sucesso em seu trabalho!

Um comentário sobre “Os Desafios da Criação

  1. Eu tenho um empregado no meu canil, que muito me ajuda, mantendo tudo em perfeito estado de conservação e muito limpo.
    Além do salário, eu achei interessante proporcionar a êle uma pequena comissão na venda dos filhotes. É uma maneira de motivá-lo no serviço e pude notar o interesse dele na administração do canil. Sempre atento aos cães. Se uma fêmea inicia o cio, ele imediatamente me comunica para anotar e controlar o cruzamento.
    Realmente foi uma maneira que encontrei para tornar esse ajudante muito eficiente.
    Espero que a minha experiência seja valiosa para outros criadores.

Os comentários estão encerrados