Divulgando a Criação Séria

Nos dias atuais os criadores vem sofrendo de uma perseguição significativa por parte de uma pequena parte da população, mas que em geral faz muito barulho. Esse barulho acaba sendo ouvido pelo leigo, que sem uma outra fonte de informação acaba sendo convencido com informações falsas sobre a atividade de criação.

A melhor forma de resolver a questão é a Educação. Mas como educar?

O primeiro passo é informar e o segundo passo é MOSTRAR!

Já falamos a respeito de como informar ao leigo. Relatar como a criação é feita, os impactos junto à sociedade. O problema sobre o fim dos animais de raça pura, etc. Neste artigo vamos falar como mostrar!

Mostrando a Criação

No artigo que tratamos sobre a visitação ao canil ou gatil, alertamos que, em alguns casos pode não ser interessante que estranhos estejam presentes nas instalações ou na casa do criador. Embora ele consiga, com os recursos atuais, mostrar para os interessado como são as instalações ao vivo.

O ideal é levar seus animais ao público leigo. Mas como? Pode ser organizado um evento onde os criadores podem mostrar os animais para o público leigo. Nesse evento, o criador não está para competir ou para vender filhotes diretamente. Ele vai estar lá para falar sobre a raça e demonstrar o animal.

Alguns eventos desses já foram feitos. Geralmente são associados a outros eventos maiores (Feiras da APAE, Feiras Agropecuárias – etc.). O Kennel Clube ou outro agente pode disponibilizar o espaço para os criadores divulgarem o trabalho.

Como Divulgar a Criação

O ideal é levar cães adultos, um casal, por exemplo. Dessa forma o criador poderá mostrar ao leigo como o animal será quando adulto. Um forma correta de formar compradores de qualidade.

O Foco se torna a conversa com o público sobre algo que qualquer criador adora: seus animais. Poderá falar sobre os cuidados, histórico da raça, curiosidade, etc.

Poderá levar como material complementar como: cards informativos, cartões de visita, vídeos (levar até uma TV mostrando as instalações), folhetos com a história da raça, explicar sobre como é feita a criação, etc.

Cuidados com os Animais

Leve animais que estão bem socializados. Levar animais medrosos, inquietos ou, pior, agressivos, não será uma boa divulgação.

Ter as vacinas e vermífugos em dia é uma obviedade que nem precisa ser mencionada. Mas é bom levar a carteira de vacinação junto para qualquer eventualidade ou fiscalização no local.

O animal estar de banho tomado, sem problemas de saúde e bem trimado também é super importante para uma excelente divulgação.

O criador deve respeitar também o tempo de exposição, pois os animais também irão cansar. Logo, períodos muito longos, sem descansos, podem gerar estresse. Se for o caso, o criador deve trocar os animais. Deixando os que foram expostos descansarem, enquanto outros se apresentam.

Ao retornar para a casa, limpe ou até mesmo banhe os cães. Lembre-se que eles estiveram presentes em um local de grande circulação. Assim como quando participam de exposições, os cuidados com o retorno devem estar presentes também para evitar disseminar doenças no seu canil.

Uma quarentena em lugar separado dos filhotes que ainda não completaram o calendário de vacinas seria uma boa alternativa.

Faça Diferente, se Destaque

Tente impactar os visitantes. Se a raça é uma raça de trenó, que tal ir de esquimó? Ou se ela for germânica, vá vestido de Fritz ou Frida… Ao invés de levar os tradicionais cercados, monte uma salinha…

Ter um espaço em que você consiga fixar melhor os aspectos da raça. Quem sabe uma decoração japonesa para um criador de akita, ou ir como gaúcho para um ovelheiro?

Use a criatividade e outras mil idéias podem surgir!

Esses pequenos detalhes fazem diferença na cabeça de um leito e ajudam a tirar a imagem de que o criador é um explorador de animais. É uma forma diferente e legal de mostrar um ser humano apaixonado pelo que faz.

Vantagens

Em eventos assim, o criador sai extremamente feliz e de alma leve. O benefício para toda a cinofilia é enorme! A sociedade se torna mais e mais consciente de como funciona a criação de animais de raça pura.

Na maioria dos casos, o criador já sai com um lista de interessados em filhotes. Caberá a ele manter esses contatos informados a respeito das novidades como, ninhadas, resultados de exposições, chegada de novos animais, etc.

O melhor combate contra o Preconceito é o Conhecimento!

Oportunidade no Rio Grande do Sul

Dia 31 de Agosto de 2019 acontecerá uma excelente oportunidade no Rio Grande do Sul. Uma mostra de Cães de Raça Pura ocorrerá na Expointer, uma das maiores e mais importantes feiras do Agronegócio no pais. Um público enorme irá participar. O evento será organizado pela Vai Totó juntamente com o Governo do RS e a ABZ (Associação Brasileira de Zootecnistas).

O evento tem inscrições limitadas e o valor da inscrição é simbólico. Quem for do RS e até mesmo de SC poderá ter uma oportunidade de Ouro para divulgar sua criação e a cinofilia séria! Clique Aqui, e faça sua inscrição.

Se no seu estado ainda não foi feito nenhum evento, talvez conversar com alguns colegas criadores e organizar uma mostra seja muito interessante e vantajoso!

Eduardo Antunes

CEO do SistemaPET, Criador desde 1997. Bacharel de TI pela UFPEL 1998. Especialista em Marketing Digital.