Plantel de Qualidade Vale a Pena?

Plantel de Qualidade

Montar um Plantel de Qualidade é uma mescla entre arte e ciência. É uma Arte, pois depende do feeling do criador em identificar características importantes no cão ou gato, analisando os melhores exemplares possíveis e compatíveis com os demais animais do plantel.

É uma ciência , porque é extremamente importante fazer uma análise criteriosa de árvores genealógicas. Nessa análise é fundamental identificar o COI dos futuros acasalamentos, analisar as probabilidade de cores, verificar a saúde dos antepassados, etc. Ou seja, sem um bom planejamento , há poucas chances de ser montado um plantel de qualidade.

Resultado de um Bom Plantel

O resultado de um bom trabalho são animais saudáveis e extremamente bonitos. Geralmente são os que estão nas capas de revistas e que o público deseja.

Acasalamento sem esse cuidado pode trazer características indesejadas. O animal tende a ficar mais frágil, com problemas de saúde, e visivelmente é um animal inferior daquele que se deseja produzir ou almeja possuir.

Muitas vezes um bom filhote colocado ao lado de outro, tecnicamente ruim, mostra sua qualidade sem que ninguém diga nada! Ela fica visível!

Reflexo no Mercado

Geralmente sempre há demanda por animais que enchem os olhos. Ainda mais hoje em dia, em que uma parcela das compras dos mesmos é feita via internet. Se o criador seguir as nossas dicas poderá demonstrar de forma clara a qualidade de seus filhotes.

Quando uma raça chega ao ponto de saturação, ou seja, a oferta e a demanda se equivalem, os primeiros sinais aparecem nas criações cujos animais não despertam tanto desejo.

Um bom criador pode sentir essa saturação também, mas dificilmente será pela falta de qualidade dos animais. Muito provavelmente será por problemas relativos ao seu marketing, o que é mais facilmente corrigível.

Logo, ter um plantel de qualidade e, acima de tudo, efetuar um acasalamento planejado, trazem retornos financeiros melhores. Selecionar os filhotes para permaneceram no plantel também é fundamental para que o criador consiga perpetuar essa qualidade.

Montando um Plantel de Qualidade

Caso o criador tenha iniciado o plantel com uma qualidade técnica que não seja o ideal, a dica é que ele vá re-investindo com a aquisição de animais de melhor qualidade técnica, sempre dentro do planejamento orçamentário.

Criar um animal de boa qualidade técnica não tem um valor diferente de criar um com baixa qualidade técnica. Considerando que ambos sejam, no geral, saudáveis. Obviamente o custo de aquisição pode ser diferente, mas ele torna-se baixo ao longo do tempo.

Qualidade Sempre Vende!

Portanto, sempre que possível, procure manter um plantel da melhor qualidade técnica que, aliado a um marketing eficiente, aumentam muito as chances de sucesso.

Eduardo Antunes

CEO do SistemaPET, Criador desde 1997. Bacharel de TI pela UFPEL 1998. Especialista em Marketing Digital.

Um comentário em “Plantel de Qualidade Vale a Pena?

  • 17/05/2019 em 18:55
    Permalink

    Bacana!

Fechado para comentários.