Criador que Visa Lucro é Mau?

O que é o Lucro?

Por definição o lucro é toda a vantagem ou ganho obtidos. No campo mais estrito da economia, é o retorno positivo de um investimento, deduzido dos gastos  que este exigiu.

Uma outra forma de ver é a recompensa obtida pelo risco do investimento. Baixos riscos, geralmente geram lucros pequenos, altos riscos podem gerar lucros maiores.

Mas afinal, perseguir o lucro na criação de cães e gatos é algo realmente ruim?

Lucro nos demais setores

A busca constante pelo lucro é que move a economia para frente. O empreendedor se torna cada vez mais eficiente em busca de um lucro maior. A competição entre as empresas, visa sempre aumentar a lucratividade para quem investe no negócio.

Se não fosse a busca pelo lucro, o empresário não iria buscar o crescimento. Logo, não iria contratar mais, comprar produtos e serviços de fornecedores, inovar os processo e produtos, etc.

Quando o lucro deixou de ser pecado, permitiu que a revolução industrial ocorresse. Caso contrário ainda estaríamos na Idade Média perseguindo bruxas e em guerras constantes em busca de recursos.

Portanto, o lucro, em si, é algo extremamente benéfico à sociedade.

Criador Hobbista

Alguns criadores possuem a atividade como hobby. Logo, possuem uma fonte de renda que sustenta a família e os animais. Dessa forma, a criação é um passatempo que se paga pelo prazer que a atividade proporciona.

Esse comportamento permite que o criador seja um purista e a venda dos filhotes pode se tornar muito mais seletiva, pois de uma forma geral,  a quantidade de filhotes é muito pequena.

Dessa forma, embora o valor aplicado na criação possa ser muito alto, há de fato pouco risco envolvido. O criador já sabe que a criação se paga pelo prazer de criar e que ela dificilmente trará algum retorno financeiro.

Criador Profissional

Por outro lado, o criador profissional arrisca o futuro de sua familía na atividade. A atividade representa o sustento do dia a dia. E, como já vimos, tem muitos desafios.

Não existe uma outra fonte de renda que sustente o negócio. Portanto, a venda recorrente dos animais é fundamental para que ele pague suas contas.

O lucro obtido na criação deve ser equivalente ao risco que ele corre ao empreender. A gerar empregos, ao comprar os produtos, ao levar os animais ao veterinário, enfim, ao contribuir para o crescimento da sociedade.

O que esse criador, em particular, deve é tratar a criação de forma profissional em todos os aspectos. Ao tratar de fato como uma empresa. Controlar seus custos, seus investimentos, etc. Somente assim ele poderá ter mais segurança na atividade.

Maus Tratos x Custos

Visar o lucro não tem absolutamente nada a ver com locais que praticam maus tratos. Se isso fosse verdade, não haveria abrigos de animais praticando tal crime.

O mau trato é fruto de um dos 2 problemas: mau caráter ou falta de organização financeira.

Ou o criador é mau caráter e não quer dar um tratamento adequado ao animal. Nesse caso pode ser um hobbista, um criador profissional ou mesmo ONG.

Ou ele está completamente perdido na gestão financeira e acaba não tendo recursos para manter os animais bem cuidados e toma decisões ainda piores que prejudicam os animais e a ele mesmo.

Visar o Lucro significa investir na saúde preventiva dos animais, afinal, cuidar de animais doentes custa muito caro.

Visar o Lucro, significa fazer uma venda para o cliente certo. Afinal, receber filhotes ou adultos de volta é caro!

Visar lucro significa dar uma ração de qualidade, que tenha uma boa relação custo/benefício.

Enfim, visar o lucro talvez seja o caminho para uma criação com o melhor bem estar.

Conclusão

Portanto, seja um Hobbista ou um criador profissional, visar lucro não faz do criador um criador mau caráter. Assim como um criador mau caráter não necessariamente visa lucro.

O Lucro na criação pet pode estimular o criador a ser cada vez melhor, seja no bem estar de seus animais, seja no suporte aos cliente e também na gestão administrativa da criação.

Portanto, temos de parar de demonizar o criador que visa o lucro e sim combater o criador que é claramente um mau caráter.

Eduardo Antunes

CEO do SistemaPET, Criador desde 1997. Bacharel de TI pela UFPEL 1998. Especialista em Marketing Digital.

Um comentário em “Criador que Visa Lucro é Mau?

  • 06/09/2019 em 22:28
    Permalink

    Esse povo (proteloucos) parte do principio que o lucro em si é ruim. Desde quando? É uma pseudo esquerda totalmente fanática e alienada. Se acham acima da lei. E uma corja de aproveitadores atrás, incentivando isso a troco de votos e outras benesses. Triste mundo esse.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *