domingo, junho 23, 2024
Gestão

Tipos de antipulgas para cachorros

Saiba quais são os melhores remédios antipulgas e como usá-los

Ao adotar um pet, um dos primeiros problemas que temos que lidar são as pulgas. Às vezes parece inevitável a infestação desses parasitas, no entanto, existem diversos métodos para evitá-los.

A primeira coisa que devemos entender é que as pulgas transmitem uma série de doenças que podem se manifestar de forma leve, porém, os casos mais graves podem levar o cachorro à morte. Por isso, é importante o cuidado e a prevenção do seu pet.

Dito isso, abaixo listamos alguns tipos de remédio antipulgas e como eles funcionam, assim você poderá entender tudo sobre o tema.

Quais os tipos de antipulgas que existem?

Muitos pais de pet pesquisam pelo melhor antipulga que existe. No entanto, essa resposta vai variar bastante.

Isso vai depender do comportamento do seu cãozinho, da pele dele, do seu perfil de modo geral e, é claro, os valores desses produtos também variam e podem acabar sendo decisivos na escolha.

Abaixo listamos os principais tipos de antipulgas para deixá-lo bem informado:

Coleiras antipulgas

As coleiras antipulgas já são bem populares nos dias de hoje. Sua praticidade é o diferencial.

A coleira antipulga é bastante indicada para cães que passam bastante tempo em áreas externas ou para os cães que vivem em sítios e chácaras.

Os cães mais agitados também têm na coleira uma das melhores opções, afinal, nós sabemos a dificuldade que alguns donos têm em oferecer remédios e comprimidos para seus pets.

Com a função de repelente de insetos, a coleira antipulgas proporciona uma defesa maior para o cãozinho e ajuda a evitar feridas e doenças, como a leishmaniose.

Não se esqueça de que a coleira antipulga tem uma data para ser trocada. Portanto, é importante estar atento para que seu pet não fique desprotegido.

Pipetas antipulgas

Outro método que se destaca pela sua fácil aplicação é a pipeta. Elas também são boas opções para cães que oferecem grande resistência aos comprimidos.

Sua aplicação é feita de forma bem simples, mas requer bastante cuidado, pois a má aplicação do produto pode gerar um desperdício ou, até mesmo, a intoxicação do cão — caso ele consiga lamber a área de aplicação.

A pipeta é aplicada no pelo da região da nuca do animal. Ela possui rápida ação e uma duração útil de cerca de 3 meses.

Spray para pulgas

Esse método é altamente indicado quando o dono quer deixar seus filhotes protegidos de pulgas e carrapatos.

Por conta de sua menor dosagem e de sua fácil aplicação, o spray evita o estresse e a intoxicação do filhote.

Outras opções

No mercado existe uma grande variedade de opções, como shampoos, talcos, hidratantes e, é claro, os comprimidos.

Todos esses produtos têm suas indicações específicas e seus cuidados. Um desses cuidados é não utilizar mais de um produto antipulga ao mesmo tempo.

Os shampoos, talcos e hidratantes são utilizados durante a higienização do cachorrinho, que também é muito importante para evitar as pulgas.

Cuidados ao utilizar antipulgas

Como já foi falado anteriormente, um dos principais cuidados ao utilizar antipulgas é não recorrer a mais de um método ao mesmo tempo.

É importante ressaltar que os produtos antipulgas possuem uma quantidade de veneno e que, em grande escala, eles podem intoxicar o seu cãozinho.

Atente-se, também, à dosagem correta. Normalmente, os produtos vêm com instruções para a melhor segurança do animal.

Outro fator que requer atenção é o porte do animal e a dosagem equivalente. A dosagem do produto usado vai variar com o peso do cão, então leia bem as instruções para evitar intoxicação.

Como evitar as pulgas no meu cachorro?

Como muitos sabem, é melhor prevenir do que remediar. Por isso, para te ajudar com a prevenção, listamos algumas dicas que você pode utilizar no dia a dia para proteger seu pet.

Primeiramente, devemos sempre manter a higienização do cãozinho impecável. Levá-lo ao veterinário para fazer check-ups também é essencial para a saúde do animal de forma geral.

Além disso, a limpeza no ambiente doméstico ajuda a prevenir pulgas, carrapatos e outros problemas que podem tirar o sossego do seu pet.

O uso de aspirador de pó e de inseticidas também são grandes aliados do dia a dia para a prevenção de pulgas e carrapatos.

Por fim, não se esqueça de que é fundamental trabalhar com a prevenção e, para isso, os produtos antipulgas possuem grande importância.

Esses parasitas são responsáveis por uma série de doenças que prejudicam a vida dos cães.