domingo, junho 23, 2024
Marketing

Quanto vale o seu Filhote?

Na maioria das vezes, a dificuldade em vendas passa por um dos 2 quesitos, longe do preço do filhote:

Entretanto o preço do filhote não pode ser descartado da equação. Ele é um item importante.

Embora já tenhamos falado em como divulgar o preço para seu cliente, o ideal é que ele não seja muito diferente do que os concorrentes diretos estão vendendo.

Veja, o valor de venda é diferente do valor pedido.
Não é incomum encontrar criadores que dizem que vendem por X, mas na prática, dependendo das condições vendem por X-Y.

Mas raramente o problema é o preço.

Custos no preço do filhote

Uma das justificativas comuns para o valor de venda é o custo com a criação!

O comprador não está interessado em saber se o criador pagou caro pelas matrizes, se importou ou não, se o criador acordou as 5 da manhã para cuidar das ninhadas, etc.

Justificar custos geralmente não é um bom argumento de venda para nenhum ramo… ninguém está interessado em quanto custou um carro, um Smartphone ou qualquer outro produto ou serviço. O cliente está mais interessado em que o produto ou serviço representa pra ele.

Obviamente o valor de venda não pode ser menor que o valor de custo, mas para isso o criador precisa saber quanto custa o seu filhote.

Mercado

Observar o mercado também é importante e ele é, para alguns casos, muito dinâmico.

Há pouco tempo era possível vender um spitz branco por até 15 mil reais! Mas hoje em dia é possível encontrá-los, com qualidade, por 3 a 4 mil. Logo, continuar a pedir 15 mil poderá tornar o processo de venda difícil.

Se o criador tiver bons argumentos de venda e conseguir encontrar um cliente que ainda pague um valor bom, ótimo, mas isso tenderá a ser cada vez mais difícil.

Concorrentes

Por outro lado se o criador precificar olhando para um criador concorrente, ignorando todos os outros aspectos de marketing dele será um enorme problema.

Por exemplo, o concorrente vende a 3 mil, e o criador não consegue nem chegar perto. Então algo que o concorrente tem, o outro criador não tem.

Pode ser tempo de experiência, marketing mais efetivo, processo de venda mais eficiente, ou coisas mais simples, mas eficientes, como fotos melhores.

Muitos outros fatores fazem com quem um criador consiga atribuir mais valor aos filhotes e consequentemente ter um preço do filhote melhor.

Portanto, se o criador não consegue observar essas diferenças, não terá outra opção a não ser ir reduzindo o preço do filhote, até chegar no valor que o mercado que ele está alcançando aceite pagar.

O que um filhote traz

O importante no processo de venda é informar o que o filhote que o cliente está comprando está levando como valor.

“Será um filhote saudável, pois os pais possuem rígido controle de saúde? Um filhote bonito, pois os pais estão de acordo com o padrão da raça?
Talvez um filhote com comportamento esperado, pois os pais se comportam como o previsto?”


É isso que um cliente quer de um filhote de raça, saúde, beleza e comportamento desejado.

Obviamente existem outros fatores, dependendo de raça para raça. Como status. Algo que tende a valorizar muito uma raça.
Esses atributos devem ser destacados na hora da venda.

Criador Teimoso

Alguns criadores podem resolver “brigar” com o mercado. Alegam que o filhote de fato vale um determinado por preço, por n razões, entretanto não consegue vender por esse preço.

O pior é que geralmente não se movimentam muito para melhorar o processo de marketing e vendas.

Algumas vezes se irritam com pessoas que procuram pechinchar ou pedir descontos, alegando que não valorizam seu trabalho, que os cães são importados, que são de ótima linhagem, etc.

Infelizmente, na maioria dos casos, os filhotes crescem sem que consigam encontrar bons lares e o criador acaba que, no final das contas, doam ou acabam vendendo a preços muito menores do que gostariam, tendo de engolir o orgulho.

Existem vários caminhos para que isso não ocorra, entretanto o criador deverá se mexer e, com certeza, revisar seu processo de marketing e vendas. E isso dá trabalho!

Conclusão

Descobrir o real valor percebido do seu filhote e por o preço nele, deve ser algo feito com muito cuidado.

Esse valor percebido não é definido pelo criador, somente o preço. Se eles estiverem muito distantes, o criador poderá encontrar dificuldades.

Identificar o valor certo para que o preço fique dentro das expectativas pode ser difícil devido a dinâmica do mercado.

Entretanto com experiência e atenção o criador logo irá começar a identificar o quanto o mercado está disposto a pagar e onde estão esses clientes.

Obviamente tendo um processo de marketing e vendas bem alinhado, a percepção de valor com certeza será maior. Nisso o SistemaPet poderá ajudar muito!

Eduardo Antunes

CEO do SistemaPET, Criador desde 1997. Bacharel de TI pela UFPEL 1998. Especialista em Marketing Digital.